Atualmente, o marketing digital está em todos os campos. A principal razão por trás desse fenômeno é que os processos de negócios estão evoluindo muito rapidamente e há muitas experimentações e mudanças feitas no setor de e-commerce.

Estamos sendo desviados por uma ou outra tendência que está por vir. Dirigindo-nos aos consumidores, não podemos fingir sobre eles, pois seu comportamento está mudando a cada minuto. 

O marketing digital como mecanismo pode se adaptar facilmente a essas mudanças. No entanto, o que é tendência hoje pode não ser a tendência no próximo mês. Assim, sua empresa de controle de acesso digital, por exemplo, deve sempre se atualizar.

Tudo isso está criando muitos desafios para os diferentes negócios. Então, agora a questão é: como acompanhar tudo?

No artigo de hoje você vai saber o que é o marketing digital, quais são suas estratégias e ainda conferir dicas de como investir de modo adequado nessa ferramenta para seu e-commerce. Não deixe de conferir.

O que é o marketing digital?

O marketing digital é qualquer iniciativa de marketing que aproveita a mídia online e a Internet por meio de dispositivos conectados, como telefones celulares, computadores domésticos ou a Internet das Coisas (IoT). 

As iniciativas comuns de marketing digital giram em torno da distribuição de uma mensagem de marca por meio de mecanismos de pesquisa, mídia social, aplicativos, e-mail e sites. 

Dessa forma, você aumenta a visibilidade do seu produto, como da tinta óleo de sua loja de materiais de construção, por exemplo.

Hoje, o marketing digital geralmente se concentra em alcançar um cliente com mensagens cada vez mais orientadas para a conversão em vários canais à medida que avançam no funil de vendas. 

Idealmente, as equipes de marketing serão capazes de rastrear a função de cada uma dessas mensagens ou canais para atingir seu objetivo final. 

Por que o marketing digital é importante?

O marketing digital está em alta, ultrapassando os gastos com marketing tradicional pela primeira vez em 2019. Isso ocorre porque os consumidores estão cada vez mais presentes nos canais online. 

Com os avanços tecnológicos, como inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina, os profissionais de marketing estão mais bem equipados com a tecnologia de marketing necessária para alcançar os consumidores em dispositivos digitais.

Isso se opõe aos métodos tradicionais de marketing, que devem ser planejados e colocados com bastante antecedência, atrasando os resultados de vendas de sua caneca para brinde acrílico, por exemplo.

Considere que o mundo tem 7,7 bilhões de pessoas e 4,4 bilhões de pessoas usam a internet e quase 30% dos consumidores preferem interagir com as marcas por meio de canais sociais em vez de ir a uma loja.

Para serem competitivas, as organizações precisam estar presentes em todos os canais e dispositivos digitais. No entanto, isso não significa que os canais off-line devam ser totalmente ignorados. 

A melhor maneira de atender às demandas dos consumidores é com uma presença omnicanal, que combina elementos off-line e digitais.

Marketing de mídia social

Os consumidores de hoje dependem muito de plataformas de mídia social. Por isso, é essencial que as marcas sejam ativas em todas as contas, ampliando a visibilidade do seu sistema de ponto eletrônico, por exemplo.

As plataformas de mídia social permitem que os profissionais de marketing alcancem seus clientes em potencial de uma infinidade de maneiras. Primeiro, as equipes de marketing podem usar esses canais para distribuir anúncios pagos e conteúdo patrocinado. 

Cada plataforma tem uma maneira para as equipes de marketing criarem campanhas publicitárias pagas e segmentar os usuários para que esses anúncios apareçam nos feeds dos membros do público-alvo. 

É uma ótima maneira de promover produtos ou recursos organicamente para seus seguidores e se envolver com os consumidores. Provavelmente, as pessoas que seguem sua marca nas redes sociais já compraram de você no passado. 

Interagir com eles nas redes sociais ou responder a perguntas voltadas para o atendimento ao cliente é uma ótima maneira de garantir o envolvimento contínuo com a marca e cultivar experiências positivas e a lealdade do cliente. 

Marketing de influência para e-commerce

Outra forma eficaz de aproveitar os canais digitais para atingir o público-alvo de seu e-commerce é com o marketing de influenciadores. 

As marcas podem fazer parceria com celebridades, sites ou outros que são considerados especialistas em seu campo, que compartilham valores semelhantes. A marca pode, então, alcançar os seguidores desses influenciadores com conteúdo e ofertas de marca. 

E- mail Marketing para e-commerce

As campanhas de marketing por e-mail permitem que as organizações permaneçam conectadas aos clientes em potencial e clientes antigos, enviando-lhes boletins informativos personalizados ou ofertas com base no histórico de compras anterior.

A maioria dos consumidores afirmam que o e-mail desempenha um papel importante em suas decisões de compra. Além disso, é mais provável que os e-mails transacionais sejam abertos pelos assinantes.

Marketing de conteúdo para e-commerce

O marketing de conteúdo permite que as equipes de marketing sejam proativas ao responder às perguntas dos usuários. 

As equipes de marketing criam conteúdo, vídeos e outros ativos para responder a perguntas ou fornecer contexto aos consumidores ao longo de sua jornada de compra.

O marketing de conteúdo costuma ser mais barato do que outras formas de marketing, ao mesmo tempo que produz quase 3 vezes mais leads (potenciais clientes).

Marketing de otimização de mecanismos de pesquisa (SEO)

A otimização de mecanismos de pesquisa geralmente anda de mãos dadas com o marketing de conteúdo. 

Quando o cliente está conduzindo uma pesquisa para saber sobre algo relacionado à sua empresa ele provavelmente clicará em um dos três primeiros resultados que aparecem no buscador. 

Com isso em mente, a equipe de marketing deve garantir que seu artigo apareça nos primeiros resultados e se destaque dentre os concorrentes que elaboram plano de gerenciamento de resíduos, por exemplo.

Isso é feito otimizando o conteúdo para a experiência do usuário e garantindo que os elementos técnicos estejam disponíveis para permitir que os rastreadores do mecanismo de pesquisa localizem e indexem facilmente esse conteúdo.

Confira agora, como investir adequadamente seu orçamento em marketing digital.

  1. Qualifique seu site com estratégias de SEO

Antes de tudo, você deve investir em serviços de SEO (Search Engine Optimization) que consistem em um conjunto de estratégias aplicadas a um site com objetivo final de melhorar o aparecimento nos sites de busca.

O profissional de SEO, em conjunto com desenvolvedores web, pode ajudar a otimizar a página para aparecer tanto em celulares quanto desktops de modo adaptado, ou seja, com design responsivo.

Além disso, você pode ter opiniões de pessoas que realmente entendem o que funciona e o que não funciona para e-commerce. Assim, vender varetas para balões com suporte, por exemplo, poderá ser uma tarefa mais fácil que outrora.

  1. Não viva sem o marketing de conteúdo

Talvez o marketing de conteúdo seja o ponto principal do marketing digital atualmente, uma vez que as pessoas consomem muito conteúdo diariamente e rápido, o que foi facilitado pela revolução digital.

Dessa forma, você deve investir na contratação de um profissional de marketing de conteúdo, um redator ou ainda uma agência que já oferece algum pacote que tenha esses serviços para e-commerce. 

O marketing de conteúdo pode ser veiculado de diversas formas:

  • Vídeos;
  • Textos com links no blog;
  • Webinars;
  • Podcast;
  • Guest Post (postagem convidativa);
  • Infográficos.

Os buscadores tem exigido periodicidade e qualidade nos textos para exibir seu site nas primeiras páginas. Portanto, um texto de qualidade vai ser importante para essa indexação e também para educar seus clientes e aumentar as chances de venda.

  1. Se faça presente na mídia social

Como vimos, as redes sociais dominam boa parte da sociedade, devido à quantidade de pessoas que acessam diariamente e gastam seu tempo percorrendo os feeds.

Sendo assim, você deve investir também em profissionais que façam o controle das suas redes sociais, com intuito de se fazer presente e ter periodicidade de publicação de conteúdo relevante.

Dessa forma, você aumenta seu engajamento, as taxas de conversão (de acessos em ações como compras) e ainda melhora a visibilidade do seu serviço de administração de condomínios, por exemplo.

  1. Não esqueça da importância do Remarketing

O remarketing é uma estratégia que consiste em veicular campanhas para aquele cliente que ultrapassou diversas fases do funil de vendas e quase comprou o seu produto, mas não o fez por algum motivo.

Nesse sentido, é importante investir em e-mail marketing ou campanhas nas redes sociais de modo personalizado, para trazer de volta aquele cliente que quase comprou.

Uma boa forma de aumentar suas chances de venda no e-commerce é oferecer cupom de desconto ou colocar o produto em oferta, justamente para que o cliente veja a vantagem em comprar o produto que deixou para trás.

  1. Planeje um investimento em anúncios

Os anúncios são muito importantes para divulgação do seu e-commerce, especialmente se você ainda não é muito conhecido ou sua empresa iniciou recentemente. Sua empresa de portaria para condomínio pode começar a crescer pelos anúncios.

Existem algumas plataformas que veiculam os anúncios pagos e nelas você consegue modular seu orçamento mensal para exibições e quantidade de público. Contudo, lembre-se que o orçamento será proporcional ao retorno a ser obtido.

Com o tempo e o aumento do engajamento do público, você poderá reduzir o investimento em tráfego pago e dar atenção a outras estratégias de marketing para seu e-commerce, como a produção de conteúdo relevante para o seu público-alvo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.