A metodologia 5S é uma abordagem que visa organizar e limpar seu local de trabalho, quase como uma bomba centrífuga. Este método inclui as cinco etapas: 

Seiri – Senso de Utilização;

Seiton – Senso de Organização;

Seiso – Senso de Limpeza;

Seiketsu – Senso de Padronização e Saúde;

Shitsuke – Senso de Disciplina.

E este é só o início, para saber mais, vem com a gente!

Aprofundando-se no 5s

No final de uma implementação, você verá coisas características, como política de trabalho, caixas coloridas que organizam melhor o setor, etiquetas vermelhas e etc. No final, tudo deve resultar em eficiência.

A metodologia 5S teve origem no Japão e foi implementada pela primeira vez pela Toyota. Seu desenvolvimento se deu como uma forma de produzir apenas a quantidade necessária de um produto. 

Origem de 5S

A metodologia 5S teve início no Japão do pós-guerra, onde os líderes da Toyota buscavam reduzir o desperdício de fabricação. A solução surtiu tanto efeito quanto um quadro de distribuição dentro de uma residência. 

Inicialmente, o Sistema era um segredo bem guardado, mas o crescimento econômico da década de 1980 naquele país, atraiu interesse de empresas estrangeiras que se perguntavam como a Toyota era capaz de construir tantos produtos com um nível de qualidade tão alto. 

Assim, os cinco pilares foram mostrados ao mundo.

Como começar em sua empresa

Iniciar qualquer projeto que envolva o potencial para grandes mudanças pode ser assustador, como trazer máquinas de solda elétrica sem ter funcionários aptos para executá-las. Porém, existem formas que ajudam a estabelecer, mais facilmente, este crescimento.

A primeira delas é a adesão dos funcionários. Isso permite que estejam dispostos e comprometidos em fazer contribuições para tornar o empreendimento um sucesso. Algumas maneiras úteis de desenvolver a ideia dos funcionários incluem:

  • Educá-los.
  • Fornecer exemplos e uma estrutura para o sucesso.
  • Fornecer uma visão sobre como o processo realmente funcionará, para ajudar a aliviar algumas dúvidas que podem atrapalhar o processo.

Ao longo do processo de adesão dos funcionários, muitas equipes demonstram entusiasmo e interesse quando se trata de discutir as dificuldades associadas às novas mudanças. 

No entanto, à medida que isso é feito e os detalhes são combinados e as informações sobre a melhor forma de abordar a equipe no futuro serão reunidas. É importante lembrar que atitudes positivas são contagiosas.

Criando um Plano

A responsabilidade junto com a criação de expectativas é vital. O que se espera e quem se beneficiará com as mudanças?

Ao criar um plano, é mais útil começar com um caso real ou com um motivo para as alterações serem feitas. Como a melhoria afetará ou beneficiará os resultados financeiros? Identifique algumas das necessidades mais relevantes em um ambiente de trabalho específico.

Lembre-se: quando os funcionários são forçados a fazerem algo sem que sejam solicitados, a reação natural é resistir à mudança.

A equipe envolvida na execução das tarefas 5S deve incluir os membros que realmente trabalham na área específica. Este time deve sempre estar envolvido nas mudanças e melhorias que estão sendo feitas ou consideradas para aquela área específica.

Gostou deste conteúdo? Então, não se esqueça de compartilhar a publicação com seus amigos e familiares!