O empreendedorismo tem trazido contribuições para economia brasileira e mudado a vida de muitas pessoas há um bom tempo. 

Este termo está relacionado àqueles que conseguem identificar problemas e transformá-los em oportunidades e soluções para o mercado e, claro, para a vida dos consumidores.

O empreendedor não precisa ser empresário e o empresário não precisa ser empreendedor. Visto que empreender é inovar e trazer soluções que sejam novas ou que complementam outras já existentes.

O Brasil é um país que incentiva o empreendedorismo, e os brasileiros são pessoas que estão sempre em busca de inovações.

Ganhar o mercado dessa maneira é garantia de sucesso, claro, desde que sua ideia seja boa. Mas uma coisa é fato: ser dono do próprio negócio muda a vida de qualquer um.

Mesmo que o lucro não seja o melhor no começo, trabalhar para si, em algo que você criou ou gosta de fazer, é recompensador e traz mais qualidade de vida.

Só que antes de abrir o seu negócio, é preciso entender um pouco mais sobre a arte de empreender.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é empreendedorismo, dar dicas para se tornar um empreendedor e também para abrir sua própria empresa. Confira!

O que é empreendedorismo?

De maneira resumida, empreendedorismo é a capacidade de identificar um problema, e a partir disso criar uma solução que beneficie o mercado e a sociedade.

Não está relacionado apenas à abertura de empresas, mas também a projetos, movimentos e outras práticas que tragam mudanças reais ao cotidiano.

Este termo diz respeito à inovação, ou seja, a capacidade de combinar novas propostas e soluções para algum problema.

Por exemplo, quem criou a primeira empresa de monitoramento, percebeu que a sociedade precisava de algo que reforçasse a sua segurança.

Ou seja, empreender é trazer um novo bem, criar um novo método de produção ou comercialização ou, até mesmo, a criação de um mercado novo.

Portanto, o empreendedorismo tem como essência perceber e aproveitar novas oportunidades de negócio.

O Brasil é um dos países que mais dão oportunidades para empreender, visto que algumas pesquisas mostram que sua taxa era de 38% ainda em 2018.

Em outras palavras, em território nacional, existem cerca de 60 milhões de brasileiros empreendendo em algum tipo de atividade, estando até mesmo à frente de países como a China.

Temos cada vez mais pessoas empreendendo, criando soluções e inovando as existentes, como empresa de sistema de segurança e muitas outras.

Saiba como ser um empreendedor

Um empreendedor é uma pessoa que executa novas ideias e usa toda a sua criatividade. Ou seja, é alguém que sai de sua zona de conforto e entra em ação.

Contudo, ninguém nasce empreendedor, tendo em vista que a vivência social e os estudos ajudam a desenvolver talentos e também traços de personalidade que aprimoram o lado empreendedor de alguém.

No entanto, para se tornar uma pessoa que sabe empreender, é importante se encaixar em um perfil, que pode ser aprimorado ao longo do tempo.

A primeira dica é ser otimista, mas isso não significa ficar sonhando acordado. É preciso esperar o melhor e acreditar que os seus projetos de empreendedorismo vão dar certo.

Para chegar aos seus objetivos, podem ser necessárias algumas mudanças em seu planejamento de negócio, enxergando seus riscos, oportunidades e outros fatores.

Quem já tem uma empresa montada precisa saber identificar práticas arriscadas e mudar esse comportamento. Correr riscos é importante, mas isso não significa continuar investindo em estratégias que estão levando o negócio para o buraco.

Outra dica é ser autoconfiante, pois acreditar em si mesmo é uma maneira de valorizar os seus talentos e saber defender suas opiniões.

Quando fazemos isso, os riscos assumidos são decisões tomadas de maneira consciente e depois de muita reflexão.

Também é preciso ter coragem, ou seja, um bom empreendedor não pode temer o fracasso ou a rejeição do mercado e dos consumidores.

Pelo contrário, para ter sua empresa de sinalização de segurança, por exemplo, ele fará tudo o que for necessário para ser bem-sucedido.

Contudo, é preciso ser cauteloso e precavido, dosando a sua coragem para prever riscos e entender onde estão as possibilidades de falha.

Por fim, a última dica é ser persistente e resiliente, pois um bom empreendedor está sempre convicto, motivado e entusiasmado, resistindo aos obstáculos para que seu negócio funcione bem.

Não se pode desistir facilmente, pois superar desafios e seguir até o fim é mostrar a perseverança necessária para vencer os obstáculos que é empreender.

Se você reúne essas características, está pronto para investir em sua empresa de rótulos adesivos ou qualquer outra que tenha em mente.

Apesar disso, essas características não são o suficiente, pois para ser um bom empreendedor também é necessário:

  • Conhecer o mercado;
  • Ter um bom projeto;
  • Investir em planejamento;
  • Ter um plano de negócios.

Ainda assim, é preciso conhecer algumas estratégias bem-sucedidas para ter seu próprio negócio, e é sobre isso que falaremos a seguir.

Dicas para abrir o próprio negócio

A transição de empregado de uma empresa, como uma desenvolvedora de plataforma de acessibilidade, para patrão não é tão simples quanto imaginamos.

É preciso estar atento a todas as dificuldades, que podem envolver falta de preparo e burocracia. Para driblar as situações comuns de quem quer empreender, vamos dar algumas dicas importantes a seguir. São elas:

Conhecer o mercado

Muitas pessoas acreditam que por terem afinidade com determinado ramo já estão prontas para entrar no mercado, o que é um erro.

O primeiro passo para abrir seu próprio negócio é conhecer a fundo a área em que vai atuar. Uma boa forma de fazer isso é estudar, fazer análises e pesquisas.

Uma pesquisa de campo, conversando com quem atua no segmento é uma excelente maneira de obter bons conselhos. É assim que você vai saber se vale a pena tirar a sua ideia do papel.

Definir o investimento

Se você quer abrir, por exemplo, um escritório de paisagismo que faça projetos de jardim vertical e outros, precisa estar por dentro dos custos para levantar o negócio.

Também é preciso calcular o quanto você vai precisar para sustentá-lo enquanto os lucros não começam a chegar.

O conhecimento acerca de todos os valores de investimento é o que vai permitir que você trace os retornos financeiros do negócio, lembrando-se que dificilmente eles serão imediatos.

Calcule bem o capital de giro e as reservas monetárias que vão garantir que você possa arcar com suas próprias despesas e também as da empresa, pois não se pode comprometê-las. Além disso, não faça dívidas.

Montar um plano de negócios para Empreendedores

No plano de negócios, o empreendedor consegue identificar como está o mercado em que deseja atuar, incluindo as características do produto ou serviço que pretende oferecer.

O objetivo desse plano é dar mais segurança para iniciar uma empresa fabricante de etiquetas para código de barras ou qualquer outra, garantindo mais chances de obter sucesso nessa jornada.

O planejamento deve incluir uma auto avaliação, a razão de existência e sua viabilidade econômica. É nele, também, que o empreendedor vai definir sua localização, número de funcionários, etc.

Conhecer as questões burocráticas para abrir um negócio

O empreendedor brasileiro precisa ser disciplinado e paciente para compreender toda a burocracia envolvida quando estamos abrindo um negócio.

O ideal é buscar o auxílio de um advogado ou de um escritório de contabilidade, para que assim nenhuma documentação fique de fora.

Crie a identidade do negócio

Se sua gráfica de impressão de banner já está a todo vapor, ótimo, mas saiba que para conquistar o mercado e atrair o público-alvo, é essencial que a sua empresa tenha uma identidade própria.

Além disso, ela precisa ser atraente e marcar a mente dos consumidores, para que eles sempre se lembrem do seu negócio quando precisarem de seus produtos e serviços.

Uma boa maneira de fazer isso é contratando uma agência de comunicação visual, pois elas contam com profissionais que saberão criar a identidade da sua marca.

Caso o orçamento esteja um pouco apertado agora, a internet pode te ajudar a criar seu logo e todos os elementos que a sua empresa deve ter para conquistar mais clientes.

Conclusão

Empreender é uma arte, mas requer alguns cuidados para que seu negócio dê certo, afinal, isso tem relação com dinheiro e investimentos que você vai fazer para montar a empresa.

Seguindo nossas dicas, temos certeza de que você pode se tornar um bom empreendedor e tirar do papel aquele projeto que você tanto deseja. Tudo isso feito de maneira segura e garantindo o sucesso de seu novo empreendimento.    

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.