in

Como abrir uma franquia de Doces

Dica: As franquias de doceria se adaptaram a esse momento e reforçaram suas soluções de delivery.

Quando se trata de empreender, poucas opções são tão seguras e certas como optar por uma franquia. Um nome estabelecido, com bons fornecedores e uma clientela que já confia na marca são vantagens para um empreendimento de sucesso. 

Uma franquia é, por definição, um negócio já consolidado que, de certa forma, empresta características da marca para que outros abram unidades. Esse empréstimo, que é o valor da franquia, engloba desde a identidade visual até mesmo fornecedores. 

Existem franquias de todas as áreas, desde oficinas mecânicas até artigos para casa e todo o tipo de setor de alimentação. Ademais, mesmo quando outros negócios vão mal, como em épocas de crise, o ramo de franquias sempre tende a crescer.

Uma das áreas mais lucrativas e de mais fácil acesso, tanto por ser fácil estabelecer uma boa clientela quanto por não depender de investimento inicial muito elevado é a área de franquia de doces. 

Neste texto, trataremos de todos os aspectos fundamentais para que você encontre a franquia de doces que mais tem sua cara e te torne dono de seu próprio destino, com uma loja para chamar de sua. 

Franquia de Doces
Dica: As franquias de doceria se adaptaram a esse momento e reforçaram suas soluções de delivery.

Como posso obter uma franquia?

A princípio, o que você deve buscar é qual a marca que mais lhe interessa e se informar como é feito o processo de franchising nesse caso. Cada negócio tem exigências próprias, que deverão ser seu guia no processo de abertura de sua loja. 

Todos os negócios franqueados têm por obrigação conter a Circular de Oferta de Franquia (COF), que conterá todas as informações necessárias para que o empreendedor possa tomar a melhor decisão.

Com base nas principais exigências, a ordem é garantir que você tenha o capital necessário para o investimento inicial, depois é feito o contrato entre a empresa e o empreendedor. 

É preciso considerar que há o pagamento para a obtenção do uso da franquia e todo o custo necessário para o negócio em si. 

Isso envolve a reforma do local escolhido, pintura de fachadas, contratação e treinamento de funcionários, todos os utensílios e mobília necessários na loja, etc. É possível mapear esses custos junto à franqueadora, para que se tenha um valor aproximado. 

Quanto investir? 

A primeira pergunta que vem à mente é: quanto custará o negócio? 

Como mencionado, dois custos devem ser considerados. O custo da franquia em si e o investimento total, que engloba todos os elementos necessários para que a loja passe a funcionar. 

O que se sabe é que, com aproximadamente 50 mil reais, existem boas opções de franquias de doces que agradam a todos os públicos e sempre têm muita demanda, como lojas de bolos e de brigadeiros. 

Porém, o investimento total pode ser de duas a três vezes maior do que isso, com aluguel de espaço, reforma de loja para as características da marca e aquisição de todos os artigos necessários para a abertura da loja. 

É possível apostar na realização de empréstimos em bancos que tenham modalidade específica para franquia, assim já se pode colocar o negócio em prática sem que espere ter o montante total para a aquisição. 

É importante considerar que o retorno pode demorar de 12 a 36 meses para acontecer, mas obviamente, tudo dependerá do negócio que foi escolhido, a aceitação por parte do público e a capacidade de gestão do empreendedor à frente da iniciativa. 

Dicas para sucesso no processo de franchising 

Um dos pontos que torna uma franquia valiosa é justamente o cuidado que a franqueadora deve ter com aqueles que usarão sua marca e serão embaixadores de seu negócio junto a um público consolidado. 

Assim, há um rígido processo de seleção para que a franqueadora saiba que será uma boa alternativa emprestar sua experiência e sua marca para um empreendedor que se apresenta como candidato a franqueado. 

Afinal, não é interessante para a franqueadora que diversas unidades de seu empreendimento sejam fechadas, nem ter que lidar com encerramento de empresa muito antes do esperado pelo contrato. 

O que as franqueadoras buscam:

  • Espírito empreendedor;
  • Alinhamento com a marca;
  • Personalidade dinâmica;
  • Boa gestão;
  • Boa atuação em momentos de crise;
  • Disposição e entrega para o negócio;
  • Determinação.

O principal para uma franqueadora é entender que há identificação entre o empreendedor e a marca, fazendo valer a parceria de forma vantajosa para os dois lados. Para a franqueadora, será mais uma unidade de seu negócio, além da questão financeira. 

Para a franqueada, há uma gama de benefícios que serão mais explorados no próximo tópico. 

Vantagens de abrir uma franquia de Doces

O conceito que vem à mente quando tratamos de franquia é: risco do negócio. Ao abrir um empreendimento, há diversos assuntos a serem resolvidos e questões que podem se tornar um problema para o empreendedor. 

Quando se fala em uma franquia de doces, existem mais questões ainda a serem pensadas, como a qualidade dos doces, popularidade e até mesmo se o doce está “na moda”, ou seja, se há procura atualmente por esse tipo de sobremesa.

Experiência da franqueadora 

Deve-se pensar em fornecedores, identidade visual, embalagens, uso de pacotes de papel ou sacola retornável, uniformes para funcionários e todos os elementos físicos e subjetivos do negócio para conseguir a clientela que espera. 

Além disso, o negócio precisa de algum tempo para se estabelecer, ser conhecido e ganhar a confiança de clientes, que o indicarão para familiares e procurarão apenas realizar suas compras nesta loja. 

Portanto, não é somente construir um negócio, mas sim construir uma marca do zero, que seja relevante e duradoura dentro do ramo que o empreendedor busca explorar quando inicia sua empresa. 

Grande parte desse trabalho some quando optamos por uma franquia. Já que é uma marca consolidada, já construiu uma clientela fiel, que buscará o endereço mais próximo para comer aquele doce que já conhece e gosta. 

Leia Também:

➝ Estratégias para quem está abrindo o próprio negócio

➝ Qual o custo para montar uma Loja Virtual?

➝ Franquias de docerias são um negócio irresistível para você

Negócio já consolidado

Além disso, já há uma identidade visual pronta, aprovada pelo público, que já ficará ansioso ao ver o banner promocional das novidades daquela loja. 

Outro ponto que é relevante é que os fornecedores também serão objeto de contrato e serão da confiança da franqueadora.

Isso deve ser obedecido à risca e costuma ser parte importante do contrato, uma vez que a qualidade do produto reflete diretamente na imagem da franqueadora, sendo de importância para esta que haja um padrão a ser seguido. 

Na prática, a exigência vale até para maquinário, embalagens e uniformes de funcionários. Deve estar tudo em conformidade com o proposto pela franqueadora nos mínimos detalhes, desde a placa da loja até a etiqueta para balança que é usada. 

Ou seja, para a franqueada, sobra pouco das grandes decisões que definem se um negócio será bem sucedido ou, infelizmente, um fracasso. É por isso que há cobrança da taxa de franchising, porque mais que a marca, a franqueadora vende a experiência. 

Outro ponto interessante é destacar que os processos de gestão já serão padronizados, sendo muito importante que o franqueado tire um tempo para conhecer bem o negócio e se familiarizar com os processos já estabelecidos.

Ainda que não esteja em contrato, o empreendedor deve buscar também quais elementos podem ser vantajosos para o negócio, bem como aqueles que não infrinjam o contrato estabelecido com a franqueadora, como uso de câmera de monitoramento, por exemplo. 

Considerações finais 

A escolha de uma franquia sempre pode ser um negócio muito vantajoso para todos, sendo que há opções para diversos bolsos, desde empreendimentos que valem alguns poucos milhares de reais até negócios que exigem investimento milionário. 

Contudo, o que deve nortear a escolha, mais ainda que a parte financeira, é o nível de proximidade que você tem com o negócio escolhido. Afinal, se estar à frente de uma loja de placas de sinalização de segurança, é importante saber o que cada uma delas significa. 

Logicamente, não é necessário que você entenda tudo do negócio, mas um pouco de familiaridade é essencial e será esperado do franqueador quando estiver conduzindo o processo de escolha para abertura da franquia. 

Quando se fala em abrir uma franquia de doces, existem ótimas opções que devem ser consideradas. É importante fugir de modismos, pois da mesma forma que diversas lojas são abertas, também são fechadas.

É comum que, assim que uma novidade chega ao país, muitos empreendimentos sejam abertos e que haja demanda, mas, aos poucos, a procura tende a cair. 

Boas escolhas são doces, que encantam a todas as gerações, como bolos caseiros, balas e até mesmo sorvetes. Isso garantirá que seu negócio não tenha prazo de validade e não expire quando a moda passar. 

Lembre-se: quando você opta por uma franquia, você escolhe tudo que ela representa, toda a experiência e o know-how desse negócio. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Written by Cantinho do Empreendedor

Conteúdo dedicado ao empreendedor. Aqui você vai aprender tudo sobre planejamento, marketing digital para ajudar quem está começando a empreender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estratégias para Abrir sua Empresa

Quais estratégias utilizar para abrir sua empresa

Marketing

3 tipos de marketing que você precisa conhecer e investir