O marketing de conteúdo consiste em estratégias que podem ser adotadas tanto por companhias B2B, que atuam com vendas de empresa para empresa, quanto B2C, as responsáveis por vendas de empresa para consumidor final, para melhorar‌ ‌o‌ ‌relacionamento‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌público‌. 

Contudo, você sabe o que realmente significa a implementação desse conceito no marketing digital? Pensando em te ajudar a responder essa pergunta, separamos várias informações e dicas sobre o assunto. Continue acompanhando esse artigo e saiba mais!

Marketing de Conteúdo
Marketing de Conteúdo

Sumário

O que realmente é marketing de conteúdo?

Em suma, é possível descrever conteúdo como tudo aquilo que pode passar algum tipo de informação relevante para uma pessoa. Já quando falamos de marketing de conteúdo, vamos um pouco além, visto que trata de transmitir detalhes sobre um produto, serviço ou marca com mais facilidade e de maneira mais assertiva. 

Desse modo, a lista de opções que podem ser adotadas tanto por uma empresa de instalação de forno elétrico de embutir quanto pela cozinha industrial que utiliza o equipamento são imensas! Isso porque as produções podem ser escritas ou até mesmo audiovisuais, assegurando a possibilidade de comunicar de diversas formas.

Conseguir resultados surpreendentes com a implementação das estratégias depende de vários fatores, começando especificamente pelo planejamento. Durante ele, é fundamental realizar um estudo de mercado, identificando as características do seu público-alvo e como atua a sua concorrência. 

No momento em que você realiza isso com cuidado, consegue identificar as falhas de comunicação cometidas pelas outras empresas e entender as dores dos seus potenciais clientes, adotando as técnicas de marketing de conteúdo corretas para suprir as lacunas do mercado e conseguir uma posição de destaque.

Além de entender como funcionam as preferências do seu público, é fundamental saber como desenvolver cada uma das produções. Nos próximos tópicos, serão descritos os principais detalhes sobre as produções escritas e as audiovisuais. Acompanhe! 

A importância de um bom texto

Antes de contratar a aplicação de um piso industrial, o dono de uma fábrica realiza uma pesquisa minuciosa, identificando qual é a melhor opção para cada setor da companhia. E em qual lugar ele vai fazer isso? Você provavelmente respondeu no Google ou em alguma outra ferramenta de busca, como o Bing, o Yahoo! e DuckDuckGo. 

Independentemente de qual plataforma ele utilize para fazer buscas, a opção em texto sempre estará disponível. No geral, isso acontece por ela ser a maneira mais tradicional de compartilhar informações na internet, sendo a queridinha da centena de milhões de blogs ativos na web. 

No entanto, um bom texto não nasce do nada, é preciso conhecer diversas técnicas e realizar diversos estudos para garantir um conteúdo relevante e com chances de posicionamento. Para isso, a implementação de estratégias de SEO é fundamental, garantindo que o seu texto siga todas as regras básicas e necessárias para promover uma boa leitura. 

Normalmente, os fatores que mais impactam na legibilidade estão relacionados a utilização das vozes ativas e passivas, o tamanho das frases e dos parágrafos, a variedade de termos consecutivos, as palavras de transição, a pontuação e, claro, a utilização na linguagem correta, evitando expressões inadequadas ou muito regionalizadas. 

Lembre-se: os conteúdos publicados em um site na internet estão disponíveis para acesso em qualquer lugar do mundo e para pessoas com diferentes graus de escolaridade, o que torna fundamental o investimento em uma linguagem simples e que todos consigam entender com facilidade. 

Vale citar que além dos textos informativos tradicionais, ou seja, aqueles que seguem um formato mais jornalístico, é possível adotar modelos não convencionais, como os storytellings escritos e até mesmo os e-books, sendo o primeiro perfeito para despertar o emocional e o segundo para aumentar a lista de leads. 

O crescimento das produções em áudio e vídeo

Já percebeu que a maioria das placas de sinalização de segurança em hospitais apresentam símbolos e cores distintas? Nesses locais, elas podem ser instaladas nos elevadores, áreas proibidas, informando blocos e andares, e dando indicações diversas, como “silêncio” ou “proibido fumar”. 

Resumidamente, isso serve para padronizar e facilitar a comunicação visual ao redor do mundo. Sabendo da importância dessa questão visual, o marketing de conteúdo saiu da bolha escrita e se expandiu para um ambiente muito mais extenso, que envolve as produções audiovisuais. 

Leia também:

➝ 7 dicas básicas de Redes Sociais para Empreendedores

Com os vídeos e lives, as pessoas passaram a ter mais formas de consumir um determinado conteúdo, facilitando o seu entendimento. É essencial citar que esse tipo de produção deve ser tão, ou até mesmo mais, atrativo que os conteúdos escritos, visto que uma pessoa pode deixar de assistir rapidamente algo mal produzido. 

Além dos conteúdos com áudio e imagem, os modelos que contam apenas com a sonorização também ganharam espaço. Nesse cenário, os podcasts e os audiolivros surgiram para facilitar o consumo, pois podem ser escutados enquanto outras atividades são realizadas, como varrer a casa e trabalhar. 

Não só isso, eles ainda são capazes de assegurar maior acessibilidade para pessoas cegas ou com deficiência visual, permitindo que elas tenham acessos a conteúdos relevantes, que supram as suas necessidades básicas de consumo e que não causem estresses para compreender. 

Considerações finais

Como já citado, o marketing de conteúdo pode ser utilizado por companhias de todo e qualquer segmento, devendo estudar as necessidades básicas de comunicação do setor para escolher o tipo de conteúdo mais adequado e a plataforma mais assertiva.

Com relação a essa última, as estratégias podem ser utilizadas em blogs e até mesmo nas redes sociais, como o Facebook, o Instagram, o Pinterest, o Twitter, o YouTube, e LinkedIn, o WhatsApp, o Telegram, dentre várias outras opções. 

Por último, mas não menos importante, os guest posts são alternativas assertivas para todos os casos. No momento em que você investe em conteúdos desenvolvidos por profissionais convidados, você passa mais credibilidade para os seus clientes, especialmente por se tratar de matérias de especialistas. 

Gostou do nosso post sobre marketing de conteúdo: dos textos às produções em áudio e vídeo? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.